Página inicial

Notícia > Esportes

  • 21.09.2020 - 08:00

    Pela Série C: Botafogo-PB arranca empate fora de casa diante da equipe do Remo

    Aumentar fonte Aumentar fonte Diminuir fonte Diminuir fonte

    Na noite de domingo (20), o Botafogo-PB entrou em campo para enfrentar o Remo no estádio Mangueirão, pela sétima rodada do Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro. Em uma exibição segura, o Belo conseguiu um ponto fora de casa e permanece na mesma posição na tabela de classificação.

    A primeira chegada perigosa aconteceu aos 11 minutos e foi com a equipe dona da casa. Marlon cruzou na cabeça de Gustavo Hermel, que colocou no canto do goleiro botafoguense, que fez grande defesa para evitar o primeiro gol do jogo.

    Bem organizado em campo, o Belo procurava as saídas em velocidade e em uma dessas jogadas, aos 18 minutos, Lohan recebeu na área e finalizou na trave, mas a arbitragem assinalou impedimento no lance.

    Em sua especialidade, o chute de fora da área, o lateral-esquerdo Marlon soltou a bomba aos 28 minutos e tirou tinta da trave direita do time paraibano.

    Perto do fim da primeira etapa, a melhor chance do Botafogo-PB veio em um chute cruzado de Juninho, que por pouco não é desviado por Lohan, e acabou cruzando toda pequena área.

    Segundo tempo

    Depois do intervalo a equipe pessoense seguia bem organizada e sem ceder espaços para o Remo atacar. Mazola Júnior mexia na sua equipe em busca de alternativas, mas não conseguia furar a boa postura botafoguense no gramado.

    Juninho reabriu os trabalhos para o Botafogo-PB aos 8 minutos, quando passou pelos zagueiros e tocou para Lohan, mas a bola foi com muita força.

    E aos 19, o Belo chegou a balançar a rede com Lohan após cobrança de escanteio, mas o árbitro Alinor Silva da Paixão havia marcado um empurrão do atacante em Gilberto Alemão antes, e anulou o gol.

    Dois minutos mais tarde, Marlon bateu da entrada da área e a bola quase passou por baixo das pernas de Samuel Pires, mas o goleiro se recuperou e agarrou a pelota.

    Por volta dos 24, Zimmermann mexeu no Belo colocando Léo Moura e Dico nas vagas de Higor Leite e Ramon.

    A torcida do Botafogo-PB ficou de cabelo em pé aos 34 minutos, quando Eduardo Ramos cobrou escanteio da esquerda e Fredson subiu livre para cabecear. A bola foi no canto esquerdo de Samuel Pires, que só olhou e torceu, e acabou passando a milímetros de seu poste.

    Na reposição do lance, o Belo perdeu a bola, que ficou com Tcharlles perto da área. Donato parou a jogada com falta, recebeu o segundo amarelo e foi para o chuveiro mais cedo, deixando a equipe com um jogador a menos.

    O Remo pressionava devido a vantagem numérica e em cruzamento de Marlon, aos 42, Eduardo Ramos cabeceou firme no canto esquerdo, mas o goleiro do Belo fez excelente defesa e salvou o time pessoense.

    Com o empate, o Botafogo-PB chegou aos 7 pontos e continua na oitava colocação, com quatro pontos e um jogo a mais que o Treze, primeiro time na zona de rebaixamento, e dois pontos atrás do Jacuipense-BA, quarto colocado. Outro paraense será o próximo adversário do Belo. No sábado (26), o time enfrenta o Paysandu no Mangueirão.

    Por sua vez, o Remo fica na terceira posição da chave, com 10 pontos. Na oitava rodada o clube vai receber o Manaus, no domingo (27).

    Voz da Torcida