Página inicial

Notícia > Política

  • 10.09.2019 - 16:56

    O ISOLAMENTO DO MAGO: Veneziano é mais um a abandonar o barco furado de RC

    Aumentar fonte Aumentar fonte Diminuir fonte Diminuir fonte

    “Esse lugar deveria ser dele, mas o governador teve uma grandeza de espírito, de desprendimento e de companheirismo muito grande ao tomar essa decisão”, disse Veneziano, em tom de gratidão ao ex-governador Ricardo Coutinho, tão logo foi proclamado senador eleito no pleito do ano passado pelo PSB. Nessa mesma eleição, João Azevedo foi eleito governador do estado.

    Pois bem, indicado para compor a Comissão Provisória que vai comandar o PSB paraibano, após decisão da Executiva Nacional atendendo apelo de RC, Veneziano disse que “A Executiva Nacional não conseguiu, lamentavelmente, harmonizar as relações internas do partido.”

    Diante dessa percepção, ele concluiu: “Como foi extraída da reunião de ontem à noite uma impossibilidade de reacomodação, defendida por nós, agradeço a lembrança daqueles que sugeriram nosso nome como integrante da comissão, mas declino do convite.”