Página inicial

Notícia > Diversos

  • 26.11.2019 - 00:39

    Mulher de Gugu Liberato: "Só consigo lembrar do barulho"

    Aumentar fonte Aumentar fonte Diminuir fonte Diminuir fonte

    Rose Di Matteo, viúva de Gugu Liberato, conversou com o apresentador Luiz Bacci, que contou detalhes sobre o acidente que vitimou o comunicador. ‘Só consigo lembrar da hora do barulho. Ele subiu ao sótão da casa e de uma hora para outra só se ouviu o barulho do Gugu caindo no chão‘, lamentou a médica, que assumiu que chegou a pensar em levar o artista de carro ao hospital

    Gugu Liberato caiu de uma altura de 4 metros quando tentava trocar o filtro do ar condicionado de sua casa em Orlando, na Flórida. Em conversa por telefone com o apresentador da Record Luiz Bacci, Rose Miriam Di Matteo, viúva do artista, que morreu após 48 horas na UTI, falou sobre o momento do acidente.

    "Só consigo lembrar da hora do barulho. Ele subiu ao sótão da casa e de uma hora para outra só se ouviu o barulho do Gugu caindo no chão", relatou Bacci, que explicou que, muito abalada, Rose preferiu não gravar entrevistas. Ainda de acordo com ele, Rose foi a primeira a ver o marido caído no chão. "Ela é médica e estava apta a fazer os primeiros socorros. Imediatamente vieram os três filhos", ele contou.

    Rose pensou em levar o marido de carro ao hospital

    Ainda durante a conversa com Luiz Bacci, Rose Di Matteo assumiu que, na hora do acidente, cogitou colocar Gugu no carro e levá-lo a um hospital que fica próximo ao condomínio em que viviam, em Orlando. Mas que logo em seguida mudou de ideia e decidiu ligar para uma ambulância. "Ela falou: ‘Depois, eu parei, tentei ser mais racional, e ligamos para o resgate, que chegou em cinco minutos‘", explicou. E contou que Rose lamentou a fragilidade da construção. "Ela disse: ‘como constroem um sótão dessa maneira? Como poderíamos imaginar?‘". E, por fim, agradeceu o carinho que vem recebendo dos admiradores do marido, que será velado e enterrado em São Paulo: "Ela agradece o carinho dos brasileiros e está comovida com tanto apoio que está recebendo".

    Filhos homenagearam apresentador na web

    Pai de João Augusto, de 18 anos, e das gêmeas Marina e Sofia, de 15, Gugu Liberato foi homenageado pelos filhos logo após a sua morte. "Meu pai foi uma pessoa abençoada, era meu herói e inspirador. Ele tinha um coração muito puro, ajudava pessoas, e sempre fazia questão de manter a família unida. Tenho certeza que ele estará sempre conosco e em nossos corações", escreveu o primogênito. "Pai, meu amor por você é eterno e só tenho que agradecer por todos os momentos de felicidade e por estar ao meu lado sempre, muito obrigada por ser esse pai que me enche e sempre encheu de orgulho", agradeceu Marina. "Pai, meu parceiro, meu melhor amigo, partiu deixando um vazio no meu coração", lamentou Sofia.

    Órgãos de Gugu Liberato serão doados

    Após a notícia da morte, a família de Gugu Liberato atendeu ao desejo do artista de doar os seus órgãos. Segundo a assessoria de imprensa do comunicador, foi feita uma tentativa de trazer pelo menos alguns órgãos para serem doados no Brasil, mas médicos norte-americanos afirmaram que a distância inviabilizaria o processo. (Terra)