Página inicial

Notícia > Notícias

  • 08.05.2020 - 06:52

    Moradora de bairro nobre promove festa em plena pandemia

    Aumentar fonte Aumentar fonte Diminuir fonte Diminuir fonte

    Uma moradora de Guarapari, na região metropolitana de Vitória, resolveu convidar os amigos para uma festa de aniversário que começou ontem e terminou somente na manhã de hoje. O local escolhido: uma mansão no balneário de Meaipe. No município, está proibida a realização de eventos, festas e atividades similares, ainda que previamente autorizadas, por conta da pandemia do novo coronavírus.

    Os convidados foram até o local e gravaram diversos vídeos durante a celebração. Nas imagens, as pessoas chegam a debochar do coronavírus e cantaram “Tem gente que não tá bebendo e tá morrendo”. Ninguém no local usava equipamento de proteção, como as máscaras faciais.

    Por telefone, o administrador da mansão informou que não estava sabendo da festa e que foi o próprio filho dele, um jovem de 24 anos, que liberou a casa para uma amiga e poucos conhecidos. Todos maiores de idade, segundo ele. No decorrer da noite, um grupo de cerca de dez pessoas chegou ao local e começou a fazer vídeos.

    “Meu filho não me avisou de nada. Eu não permiti essa festa, nem sabia. Ele me disse que foi lá porque era aniversário de uma das amigas dele, ficou um pouco, tomou uma cerveja e foi embora. Hoje de manhã eu acordei com essa situação toda. Eu não iria nunca permitir isso, em meio a essa pandemia que vivemos” afirmou Vinícius Brina.

    A reportagem do UOL tentou contato com a aniversariante para se pronunciar diante dessa situação, mas ela não respondeu às mensagens.

    A Prefeitura de Guarapari informou que recebeu informações sobre a festa particular e foi até o local. Quando chegaram à mansão, o aniversário já tinha sido encerrado. Por meio de uma nota, as autoridades disseram que realizaram uma operação no local e notificaram o proprietário do imóvel.

    “Demais medidas como multa também serão adotadas. Houve encerramento da festa. Caso haja descumprimento, poderão ser aplicadas outras penalidades. A Secretaria de Postura e Trânsito também esteve no local e notificou os responsáveis pela não-realização de evento conforme determinação estadual e municipal”, finalizou a nota.

    Com UOL