Página inicial

Notícia > Diversos

  • 03.02.2020 - 13:02

    Hitler lutava contra o capitalismo e defendia o Socialismo

    Aumentar fonte Aumentar fonte Diminuir fonte Diminuir fonte

    Hitler era de direita, sim.

    Ele dizia lutar contra o capitalismo e defendia o Nacional Socialismo. Mas era de direita.

    O partido chamar “socialista”, aliás, não tem nada a ver. Era de direita.

    Defendia um Estado forte e controlador, sem liberdades individuais. Mas era de direita.

    Confiscou propriedades de judeus e amarrou o livre mercado. Mas era de direita.

    Os fatos não importam. A verdade é apenas um detalhe inconveniente. Já que não podem negar o Holocausto, como tentam fazer com o Holodomor, jogam a culpa para o outro lado. Filho feio não tem pai.

    Mas, mesmo jurando que Hitler era de Direita, se ele aparecesse hoje, criticando o capitalismo, Israel e os judeus; defendendo interferência Estatal no mercado; prometendo aumentar salários “na canetada”; sendo apoiado pelos sindicatos; indicado ao Nobel da paz e eleito “personalidade do ano”, pela revista Time, adivinhem qual lado o defenderia com unhas e dentes…

    “Nós somos socialistas, nós somos inimigos do atual sistema econômico capitalista para a exploração dos economicamente fracos, com seus salários injustos, com sua indecorosa avaliação do ser humano de acordo com a riqueza e a propriedade em vez de sua responsabilidade e desempenho, e nós estamos todos determinados a destruir esse sistema sob todas as condições.” (HITLER, Adolf – Baviera, 1929) 

    Felipe Fiamenghi