Página inicial

Notícia > Política

  • 27.11.2019 - 16:32

    ETICAMENTE INTERDITADO: CRM proíbe médicos de atuarem na USF de Cruz das Armas

    Aumentar fonte Aumentar fonte Diminuir fonte Diminuir fonte

    O Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) interditou eticamente, na manhã desta quarta-feira (27), os médicos que trabalham no Posto de Saúde da Família Cruz das Armas V. A decisão foi tomada após verificação de que a unidade de saúde apresenta precárias condições de atendimento à população.

    Segundo o CRM-PB, o PSF possui sala de vacinação imprópria (sem ar condicionado), paredes com mofo, falta de material, com alguns médicos tendo que levar equipamentos para realizar os atendimentos. Além disso, os consultórios médicos ficam expostos, com a porta aberta, já que não há ventilação, desrespeitando o sigilo profissional durante a consulta.

    A interdição ética do CRM-PB proíbe os médicos de atuarem na unidade de saúde até que as inconformidades apontadas pelo Conselho sejam sanadas. A interdição tem início à 0h desta quinta-feira (28).

    Procurada pelo Portal Correio, a assessoria de comunicação da Secretaria de Saúde de João Pessoa informou que o PSF funciona em prédio alugado e já está em fase de mudanças para um outro local.

    “A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de João Pessoa esclarece que a Unidade de Saúde da Família (USF) Cruz das Armas V, localizada na Rua Benjamin Lira, funciona atualmente em prédio alugado e está em fase de mudança para um novo prédio próprio, que será inaugurado na próxima semana, com a perspectiva de otimizar os atendimentos aos usuários e oferecer uma melhor estrutura para os profissionais. Portanto, o objeto da interdição ética do Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) está prejudicado. Por fim, a SMS reafirma o compromisso com a população, garantindo a assistência aos usuários da rede municipal de saúde”, informou a assessoria.