Página inicial

Notícia > Curiosidade

  • 05.06.2019 - 16:11

    Dicas para a mulher não errar ao comprar vibrador

    Aumentar fonte Aumentar fonte Diminuir fonte Diminuir fonte

    Você já deve ter ouvido em rodas de amigas, lido na internet, visto em filmes, séries ou simplesmente se sentido minimamente curiosa sobre as vantagens de ter um brinquedinho para esquentar o clima sozinha. Existem meninas que não conhecem muito, outras que não são adeptas por não gostarem mesmo, mas uma coisa é certa: o vibrador feminino pode representar para algumas uma ajuda e tanto na hora de alcançar o orgasmo sozinha para aquelas que desejam algo a mais do que os próprios dedos.

    No entanto, com uma infinidade de produtos disponíveis em sex shops ou lojas online, é fácil se confundir e acabar comprando um produto inadequado ou que não supere todas as suas expectativas quando o assunto é o prazer. Por isso, listamos abaixo algumas dicas para você não ‘trocar gato por lebre’ na hora de adquirir um vibrador feminino.

    Conheça seu próprio corpo 

    A compra desse objeto vai depender diretamente do quanto você conhece o próprio corpo quando o assunto é prazer. Por isso, é indicado que você preste atenção em quais áreas sente mais tesão, se são nos lábios, no clitóris, com penetração ou pulsação, quiçá os dois, enfim. Então, é fundamental que você tenha se dedicado com frequência à masturbação para se conhecer melhor e fazer escolha da opção de vibrador mais adequada para você.

    Tamanho não é documento

    Dependendo da sua vida sexual, você pode gostar ou estar acostumada com tamanhos maiores, é verdade. No entanto, nem sempre o tamanho do vibrador é algo que deva ser levado tanto em conta pela maioria das mulheres, isso porque nem sempre ele é sinônimo de maior prazer. Existe uma infinidade de variações de tamanho e funcionalidades, inclusive os menores podem apresentar uma maior gama de funcionalidades como diferentes vibrações, texturas etc. O que vale aqui é como você vai usá-lo à seu favor e nem tanto a sua grossura ou comprimento.

    Liste os seus principais objetivos antes de comprar um vibrador

    Pense bem: o que é mais importante para você no objeto? O poder de penetração? A estimulação do clítoris? Você vai usá-lo somente na vagina ou no ânus também? Vai usá-lo sozinha ou com seu parceiro(a)? Todas essas questões precisam estar muito claras antes de você decidir qual produto quer comprar. E no caso de usá-lo com mais alguém, é interessante que vocês escolham juntos(as) porque o objetivo é que seja prazeroso para ambos, não?

    Conheça o produto ao vivo e a cores antes de comprar

    Mesmo que você prefira comprar pela internet, é importante que você vá um dia a uma loja especializada para conhecer outros tipos e saber mais sobre os produtos em questão, caso já tenha escolhido alguns. Isso porque esse primeiro contato vai evitar que você tenha suas expectativas frustradas e te dará uma chance de mudar de ideia caso encontre uma melhor opção.

    Não gaste muito dinheiro se for seu primeiro vibrador

    Isso porque você vai precisar de um período de adaptação e nem sempre ele será como você imagina. Então, você poderá comprar outros depois, agora que já está mais familiarizada com o objeto. Outra dica, nesse caso, é evitar comprar produtos que tenham uma velocidade, pulsação e vibração muito altas, isso porque você ainda estará se acostumando e pode se machucar se não manuseá-lo corretamente. Por isso, prefira modelos mais baratos, simples e fáceis de usar.

    Fique atenta à funcionalidade do produto     

    Se você é uma mulher que viaja com uma grande frequência, fique atenta à funcionalidade do seu aparelho. Ele é recarregável? É a pilha? Precisa de fio? Todas essas questões precisam ser esclarecidas antes de você comprá-lo para que você possa usá-lo quando e como desejar sem dores de cabeça. 

    Por Debora Stevaux/Fortissima