Página inicial

Notícia > Política

  • 10.02.2020 - 17:17

    DEPUTADOS UNIDOS: 35 (dos 36) parlamentares repudiam agressão de Damião contra Adriano

    Aumentar fonte Aumentar fonte Diminuir fonte Diminuir fonte

    Um documento com assinatura de 35 deputados estaduais hipotecando solidariedade ao presidente da Assembleia Legislativa, deputado Adriano Galdino, foi divulgado nesta terça-feira (11). O teor do manifesto repudia as ‘insinuações’ do deputado federal Damião Feliciano que acusou o parlamento estadual de armar um ‘golpe’ contra o governador João Azevedo e a vice-governadora, Lígia Feliciano, esposa de Damião, ao acatar o pedido de impeachment de ambos feito pelo deputado Walber Vigorlino(Patriotra). Leia o documento na íntegra:

    Nota de solidariedade ao presidente da Assembleia Legislativa Adriano Galdino

    A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) na atual legislatura tem se notabilizado como um Poder que atua muito além de suas prerrogativas, se colocando no centro de grandes debates e agindo como intermediário no diálogo entre diversos setores da sociedade e os demais Poderes.

    O Poder Legislativo em 2019 deixou a Praça dos Três Poderes e foi ao encontro da população paraibana, participando das plenárias do Orçamento Democrático Estadual e realizando Sessões Itinerantes em várias regiões do Estado, para ouvir e dar voz a sociedade, que pode nessas ocasiões avaliar o trabalho dos deputados e da Casa e ainda sugerir projetos de Lei.

    A Assembleia também bateu recorde de produção no ano passado, superando o ano anterior em mais de 450%. Foram quase 11 mil matérias apreciadas, entre requerimentos, projetos de Lei, projetos de Resolução, vetos e Medidas Provisórias.

    Tudo isso só foi possível pela atuação firme, democrática e sensível do presidente da Casa Epitácio Pessoa, o deputado Adriano Galdino, que mesmo sendo da base do Governo do Estado, manteve o equilíbrio e garantiu o trabalho dos 36 parlamentares, sempre se pautando e respeitando fielmente o Regimento Interno da ALPB.

    Portanto, nós deputados estaduais, integrantes do Poder Legislativo, repudiamos as insinuações do deputado federal Damião Feliciano e nos solidarizamos com o presidente Adriano Galdino, exigindo o respeito à Assembleia Legislativa e a Constituição, que define a harmonia entre os Poderes, ao mesmo tempo que garante as suas independências.