Página inicial

Notícia > Política

  • 11.01.2020 - 09:25

    DELAÇÃO DE IVAN BURITY: detalhe de viagens e propina para campanhas da Paraíba

    Aumentar fonte Aumentar fonte Diminuir fonte Diminuir fonte

    O ex-secretário executivo de Turismo, Ivan Burity, fez um relato minucioso de suas

    viagens ao Rio de Janeiro, Fortaleza e Curitiba, que tinham como objetivo receber propina

    (supostamente) de empresas e trazer para a Paraíba. Os recursos, em grande parte, eram

    utilizados em campanhas eleitorais no Estado. As revelações fazem parte da delação premiada

    , no âmbito da Operação Calvário, cujos trechos o Blog teve acesso. O ex-secretário já foi preso]

    na Calvário e hoje está liberdade, após decidir colaborar com a Justiça.

     

    Em um dos trechos, denominado de ANEXO 1, Ivan relata que viajou para Curitiba no primeiro

    semestre de 2012, por determinação da ex-secretária de Administração do Estado Livânia Farias,

    para receber R$ 1 milhão de uma empresa que tinha contratos com a Secretaria de Educação do Estado.

    A viagem, porém, não foi a única. Em 2014, ele diz que transportou para a Paraíba R$ 800 mil da mesma empresa.

    No mesmo ano, Ivan conta que se deslocou à Fortaleza, de onde teria trazido R$ 1,2 milhão

    de uma empreiteira com obras no Governo do Estado. Parte desse valor, R$ 300 mil, foi usado

    “para saldar compromisso urgente de campanha”. O restante, R$ 900 mil, teria sido entregue

    ao então vice-governador da Paraíba, Rômulo Gouveia – já falecido.