Página inicial

Notícia > Política

  • 27.11.2019 - 09:08

    AGORA VAI: governador João demite secretários ligados a Ricardo Coutinho

    Aumentar fonte Aumentar fonte Diminuir fonte Diminuir fonte

    O governador João Azevêdo (PSB) resolveu desencadear uma série de mudanças na gestão e determinou a exoneração de personagens próximas do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), a exemplo de Fábio Maia, que não é mais secretário executivo de Planejamento do Estado. O ato de exoneração foi publicado na edição desta quarta-feira (27) do Diário Oficial do Estado (DOE).

    Para a Secretaria Executiva de Planejamento, João Azevêdo nomeou Francisco Petrônio Rolim. O ex-ocupante do cargo, Fábio Maia, reagiu imediatamente. “Aos companheiros de estrada, de luta e semeadores de dias melhores nos encontraremos nas caminhadas futuras das ruas. A vida é feita de escolhas e fiz a minha, não faria outra porque precisaria dormir tranquilo, andar com a espinha ereta, o peito aberto e a consciência tranquila. Adelante”, comentou.

    Na mesma edição do DOE, João Azevêdo determinou a exoneração de Yuri Simpson da presidência da Paraíba Previdência (PBPrev). Para o seu lugar, foi nomeado José Antônio Coelho Cavalcanti.

    Outra exoneração determinada pelo governador foi a do advogado Jovelino Carolino Delgado Neto, que deixa o cargo de Procurador da Procuradoria Jurídica da PBPrev. Responderá pela função o advogado Paulo Wanderley Câmara.

    Fábio Maia é do bloco do PSB ligado ao ex-governador Ricardo Coutinho, fez parte da ala que patrocinou o processo traumático que culminou na intervenção do Diretório Estadual do partido na Paraíba. Inclusive, assumiu a função de secretário de Finanças da Comissão Provisória do PSB nomeada, e, mesmo mantendo-se no governo, vinha se posicionando publicamente como aliado de Coutinho.

    Já Yuri Simpson tem relações familiares com Ricardo Coutinho, é casado com uma sobrinha do ex-governador, regresso das gestões do socialista, e permaneceu na presidência da PBPrev no governo João Azevêdo até então.

    Em contato com o blog do Jornalista Suetony Souto Maior, Yuri Simpson se resumiu a dizer que foi tomado de surpresa pela decisão e garantiu que sai com o sentimento de dever cumprido. (polemicapb)